terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Manobra radical, rampa móvel ...



Por que Deus não chegaria a professor titular ou pesquisador CAPES/CNPq


Pesquisador:
1. Ele só tem uma publicação;
2. Esta publicação não foi escrita em inglês, e sim em hebraico;
3. A referida publicação não contém referências bibliográficas;
4. Não tem publicações em revistas indexadas, ou com comissão editorial, ou ainda com pareceristas;
5. Há quem duvide que sua publicação tenha sido escrita por ele mesmo. Em um exame rápido, nota-se a mão de, pelo menos, 11 colaboradores;
6. Talvez tenha criado o mundo. Mas o que tem feito, ou publicado, desde então?
7. Dedicou pouco tempo ao trabalho (apenas 6 dias seguidos);
8. Poucos colaboradores Seus são conhecidos;
9. A comunidade científica tem muita dificuldade em reproduzir Seus resultados;
10. Seu principal colaborador caiu em desgraça ao desejar iniciar uma linha de pesquisa própria;
11. Nunca pediu autorização aos Comitês de Ética para trabalhar com seres humanos;
12. Quando os Seus resultados não foram satisfatórios, afogou a população;
13. Se alguém não se comporta como havia predito, elimina-o da amostra;

Professor:
1. Dá poucas aulas e o aluno, para ser aprovado, tem que ler apenas o Seu livro, caracterizando endogenia de idéias;
2. Segundo parece, Seu filho é que ministra Suas aulas;
3. Atua com nepotismo, fazendo com que tratem Seu Filho como se fora Ele mesmo;
4. Ainda que Seu programa básico de curso tenha apenas dez pontos, a maior parte dos Seus alunos é reprovada;
5. Além das Suas horas de orientação serem pouco freqüentes, atende Seus alunos apenas no cume de uma montanha;
6. Expulsou os Seus dois primeiros orientandos por aprenderem muito;
7. Não teve aulas e nem fez mestrado com PhDeuses;
8. Não defendeu tese de Doutorado ou Livre Docência;
9. Não se submeteu a uma banca de doutores titulares;
10. Não fez proficiência em inglês;
11. Não existe comprovação de participação Sua em bancas examinadoras e de publicação de artigos no exterior.

Fonte: http://bardoateu.blogspot.com/2012/01/por-que-deus-nao-chegaria-professor.html.

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Metrô linha 743 - Rauzito o melhor :-)

Desconstrução do Mito de Jesus Cristo

Pinheirinho reproduzindo Distro 9 na vida real



Clique aki para ver de perto
Pobres,  moravam há oito anos em barracos dentro de um terreno de alguns milhões de reais. Eram um estorvo, vítimas de um apartheid social em pleno século 21. Ninguém os queria lá e, após incontáveis idas e vindas, uma verdadeira operação de guerra foi montada para removê-los da área.

A grande maioria dos “locais”, aqueles que moram em casas de alvenaria nas redondezas do acampamento, silenciosamente torciam para que o bairro fosse “limpo”. Eles tinham suas razões. Afinal de contas,  seus imóveis perderam valor e os índices de violência na vizinhança estavam cada vez maiores.

Não, esta não é a sinopse do brilhante filme “DISTRITO 9”, de Peter Jackson e Neill Blomkamp (que você pode conferir o trailer abaixo e tirar suas conclusões sobre este pequeno texto).




Trata-se, sim, da história dos moradores do Pinheirinho, ou, do Distrito 9 de São José dos Campos. Para grande parte da população joseense, quem morava naquela área nem precisava ser um alienígena com aparência de inseto para causar ojeriza. Bastava estar lá.

Antes que comecem a me apedrejar (sim, isso virou moda por aquelas bandas), quero deixar claro que aqui não defendo os sem-teto,  governos, nem a polícia … ninguém. Não concordo com quem invade a propriedade alheia (“aquilo que não é meu, não me pertence”); mas também não aprovo a letargia e má vontade política demonstrada por nossos administradores e legisladores nos últimos oito anos. Isso mesmo: oito anos! 

Não foram oito semanas, ou oito meses.

O que quero aqui é traçar um paralelo. E aquele ditado: que “a vida imita a arte” se aplica à história da “BATALHA DO PINHEIRINHO”.

Ver famílias inteiras arrastando suas coisas pela rua, deixando para trás aquilo que convencionaram a chamar de “lar”, foi de cortar o coração.
Ver as pessoas transformadas em números, com números colados no peito, quando se apresentavam ao Centro de Triagem, serviu para provar algo.
TODOS NÓS perdemos.
Perderam os sem-teto que pensavam verdadeiramente que iriam construir seu futuro no Pinheirinho (não os profissionais, os baderneiros e muito menos os irresponsáveis que operaram a indústria do boato durante as horas amargas de operação).Perderam os “poderes” Executivo e Legislativo de nossa cidade (como dormir com 1.704 famílias nas ruas?).

Perdemos nós, que mostramos nossa faceta mais repugnante e inescrupulosa quando buscamos algum interesse (não importando de que lado estamos).








Agora, a pergunta que não quer calar: este foi o fim do Distrito 9 de São José dos Campos?
Fonte:http://hipertexto.ovale.com.br/o-distrito-9-de-sao-jose/

Porque a invenção da roda foi tão importante !!!


sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Brasileiros perfeitos idiotas.


“Os brasileiros se tornaram perfeitos idiotas”, diz Carlos Nascimento sobre “BBB” e Luíza

video

“Ou todos os problemas do Brasil foram resolvidos ou nos tornamos perfeitos idiotas. Como pode dois assuntos tão fúteis terem tanta importância?” Essa foi a frase dita ao vivo por Carlos Nascimento na abertura do jornal do “Jornal do SBT”, na última quinta-feira (19).

O jornalista se referiu ao suposto caso de estupro do “Big Brother Brasil 12″ discutido na mídia na última semana, e também a célebre frase: “Menos Luíza, que está no Canadá”, estopim da Internet. Veja abaixo o vídeo.

Na última semana, Neila Medeiros, âncora do jornal “SBT Brasília”, também manifestou sua opinião no ar depois de uma declaração dada pelo Secretário de Obras de Luiziânia, que criticou a imprensa.

Ae, concordo com você Sr. Carlos Nascimento, só não me lembro em qual época (desde a descobrimento do Brasil) nós já fomos mais inteligentes ??????

Fonte: http://uolentretenimento.blogosfera.uol.com.br/2012/01/20/os-brasileiros-se-tornaram-perfeitos-idiotas-diz-carlos-nascimento-sobre-bbb-e-luiza-2/

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Como explodir um carro de F1

É como no post anterior, lembrando dessas pessoas que são detentoras de muito dinheiro e não sabem o que fazer com ele, abaixo uma dica pra que está nessas condições, cambada de vagabundo que não tem o que fazer !

Ok, vamos ao tutorial "Como explodir um F1", existem outras formas, mas só vou ensinar essa, primeiramente vc deve comprar um F1 e agora é só ir desmontando ele inteiro, feito isso com uma tela presa no teto vc vai prendendo as  peças, parafuso e tudo que foi desmontado em finos cabos de aço conforme mostra a figura abaixo, você também pode fazer isso com um helicóptero e se achar divertido e tiver um pouco mais de espaço, pode fazer também com um iate ou um Trem-bala sei lá.


















Maluco constrói do zero réplica perfeita do Bat-Móvel de The Dark Knight


O maluco favor mano, constrói um pros irmãos aki também ( na faixa ), já que vc não tem porra nenhuma mesmo pra fazer da vida.
Depois do Tumbler, Bob Dullam agora vai fazer seu Bat-Pod
Sem uma planta mecânica ou elétrica, usando somente referências fotográficas da Internet, ao custo de 50 a 70 mil dólares, Bob Dullam construiu o que podemos chamar de melhor réplica existente do Tumbler, o Bat-Móvel deBatman Begins e Batman - O Cavaleiro das Trevas.
"Fiz tudo sozinho, sem ajuda. Todas as peças de funilaria, a parte externa, foram construídas do zero. Sinto como se escalasse o Everest - no meio do caminho você se pergunta se tudo não foi um grande engano, mas desistir não é uma opção. Você caminha mais um pouco e olha para baixo, a vista é de tirar o fôlego", descreve Dullam com poesia a construção do tanque, no fórum do siteSuperheroHype.
Veja as fotos na galeria.
Dullam diz que ainda faltam detalhes no interior, que ele quer deixar o mais próximo possível dosfilmes. E já começou a projetar um Bat-Pod, que terá mudanças no design por ser "de engenharia impraticável", para conferir usabilidade. Em seguida Dullam, obviamente, vai terminar a sua roupa de Batman.











quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Fim do mundo em dezembro de 2012 !


FALA FINO PRA VOCÊ VÊ MOLEQUE ...

video

HO !  LOCO TIO!  HO! LOOOOCO ....

Symphony of Science - The Greatest Show on Earth! A music video about E...

Podemos ver nesse vídeo que as minusculas maravilhas desse planeta em relação ao universo,  ja são INFINITAMENTE SUPERIORES E IMPOSSÍVEIS, a capacidade e inteligencia vinda de qualquer tipo de DEUS escrito em qualquer que seja o livro ou afirmação humana.

Moral da Mitologia Hebraica: As filha de Ló


A bíblia, quando lida criticamente, mostra-se um livro de histórias absurdas e impublicáveis em nossos tempos. Os cristãos a tem como um modelo de moral e costumes, porém, obliteram as passagens mais ácidas e sem sentido. É como se fosse possível dizer que uma parte desse livro é boa e outra não, ou seja, a bíblia é boa em partes, porém, ela, como um todo, é entendida como palavra de deus. Não faz sentido, para mim, então, dizer que existem extratos que devem ser desconsiderados. O deus deles não é perfeito? Como inspiraria  (II Timóteo 3:16,17) um livro cheio de erros científicos e de péssimos exemplos de ética e moral?


Ao dizer que parte da bíblia deve ser interpretada no contexto de sua época, e, que, no mesmo livro da bíblia, as vezes no mesmo capítulo de onde se prescindiu a interpretação, existe algo que é claro e evidente e que não deve ser colocado à guisa da análise hermenêutica.


Quem define isso? Quem diz que determinada passagem de Gênesis é literal e outra é interpretativa? 


Quem diz que Levíticos é lei para um povo rude, indócil e desobediente, as vezes, usa o mesmo livro para atacar a homoafetividade (Lv 18:22) ou criticar quem faz tatuagens (Lv 19:28 - nota: e em minha interpretação essa pasagem nem fala de tatuagens, exatamente), ora, nesse mesmo livro fala-se em escravidão (Lv 25:44) e que não devemos comer carne de porco (Lv 11:7). Porque se apropriar de uma parte "conveniente" do texto e dizer que a outra é interpretação?  Há poucas explicações: ignorância e desonestidade estão entre elas.


terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Quando a Terra ficou sem gelo.


A imagem acima mostra o planeta Terra totalmente sem gelo. O nível do mar na foto está pelo menos 90 metros mais alto (bem diferente daquela porcaria de filme Waterworld, em que todo o planeta aparecia coberto de água) e mais de 10% da área terrestre aparece coberta. Interessante, né? Fica ainda mais interessante ainda quando souber que o planeta já esteve assim.


Sim. O planeta já ficou sem uma única partícula de gelo há mais de 56 milhões de anos e esse período durou 150.000 anos. Esse foi o Período Máximo Termal Paleoceno-Eoceno, cuja a sigla é PETM (do inglês Paleocene-Eocene Thermal Maximum). Esse aquecimento foi provocado por uma introdução massiva de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera provocando o conhecido efeito estufa. A quantidade teria sido a mesma que se o nós queimássemos toda a reserva de petróleo, carvão e gás natural do mundo. De acordo com o paleontólogo Philip Gingerich o PETM é uma idéia que foge de você e que leva centenas de milhares de anos para reequilibrar. É o que estamos fazendo.


Era sabido que o planeta passou por uma dramática mudança no período Paleoceno-Eoceno, mas os cientistas simplesmente achavam que umas espécies deram lugar as outras durante esse período. Mas em 1991 os oceanógrafos James Kennett e Lowell Stott perceberam algo estranho nos sedimentos extraído do fundo do Atlântico Sul próximo da Antártida. Eles analisaram os isótopos de carbono e viram que estava numa quantidade anormal, foi que perceberam que na transição Paleoceno-Eoceno uma mudança brusca na proporção de isótopos de carbono em foraminíferos (maldito português que ainda não tem abreviação para o nome desse ser esquisito como no inglês!). O que indica que uma imensa quantidade de carbono teria “inundado” (não encontrei outra palavra adequada para traduzir) o oceano nessa época (a formação dos continentes era completamente diferente da imagem).


Como explicar a origem de todo esse isótopos a 56 milhões de anos? Erupções vulcânicas poderiam cozinhar o dióxido de carbono depositado em sedimentos orgânicos no fundo do mar, mas não em tão pouco tempo, que no caso foi de apenas alguns séculos (geologicamente falando é um piscar de olhos). Também não há evidências de fuligem de incêndios florestais em massa que poderiam ter queimado turfas e muito menos de um impacto de algum bólido (asteróide, cometa, etc) contra rochas carbonáticas que poderia ter ajudado na emissão de tanto CO2. Então que diabos aconteceu?


A mais antiga e aceita hipótese é de que antigamente existia grandes depósitos de hidrato de metano, um tipo de gelo instável em que água cristalizada forma uma gaiola em torno de uma molécula de metano. Para quem não sabe o metano aquece a Terra 20 vezes mais por molécula do que o carbono. O poderia ter acontecido também é que o CO2 ao aquecer a Terra e, principalmente, os oceanos o metano acabou sendo liberado pelo hidrato em grande quantidade. Vulcões também poderiam ter aquecido jazidas de hidrato.


Essa hipótese começou a ser construída no início da década de 1990. Quando Paul Koch, da Instituição Carnegie e James Zachos estudaram sedimentos de um solo rico em carbonato no banco de Polecat (não. Não falo daquele banco onde guardamos dinheiro e nem naquele banco em que sentamos), próximo ao Parque de Yellowstone. A dupla ainda estudou os dentes de um mamífero chamado Phenacodus. Ao analisar os esmaltes dos dentes eles encontraram o mesmo pico de isótopos de carbono no foraminíferos. Ou seja, foi que viram que o efeito do super-aquecimento não se limitou a esses microscópicos seres e nem ao mar. Eles estimam que no Pólo Norte a temperatura tenha atingido 23,3º C (74º F), mas não encontrei dados do quanto a temperatura atingiu na linha do Equador (bom lembrar que a posição dos pólos não era como hoje).


Esses estudos mostram que a situação pode ser alarmante. Ainda existem grandes reservas de hidrato de metano no mundo (inclusive onde fica o Triângulo das Bermudas, eles pode fazer navios afundarem e até derrubar aviões) e eles podem ser liberados caso a temperatura dos oceanos aumente. Pois é sabido que hoje nós somos o grande responsável pelo excesso de CO2 na atmosfera. Podemos até ter retardado uma nova era glacial, mas podemos sobreviver a um super-aquecimento como o de 56 milhões de anos atrás? Assim como em qualquer grande mudança houve extinções, num novo evento como esse a nossa espécie pode ser uma das vítimas, e vítima de nós mesmos…

Fonte: http://www.nihillemos.net/2012/01/15/quando-a-terra-ficou-sem-gelo/

Avisa que a enchente tá de boa...

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Logo tipo

Bom hoje dia 12/01/2012 consegui finalizar o logo tipo, sei que não ficou nada profissional, mas foi o que consegui do tempo que me dispõe e o pouco conhecimento em Photoshop que tenho. Pra mim ficou aceitável. Fiz também um outro modelo similar mas resolvi utilizar o atual mesmo.


Nesse caso a sua opinião não faz diferença, só postei mesmo pra ficar registrado e informado, caso seja de seu interesse :-)

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Lista de ateus mais conhecidos pelo mundo.

Agora imagine tirar essas pessoas do nosso mundo.
Nem pense nisso ...


Adam Savage
Coidealizador do programa de TV
MythBusters do Discovery Channel



Adrianne Curry
Atriz e modelo americana



Albert Einstein



Andrea Beltrão



Angelina Jolie



Antonio Banderas



Arnaldo Jabour



Arthur Miller
Dramaturgo americano



Asia Argento
Atriz, cantora, modelo e
diretora italiana



Bill Gates (agnóstico)
Fundador da Microsoft, filântropo



Bill Maher
Comediante, apresentador e
escritor americano



Brad Pitt



Brian Eno
Músico, compositor e produtor
musical britânico



Bruce Lee



Bruce Willis



Caetano Veloso



Camila Pitanga



Carl Sagan
PhD em astronomia e exobiologia,
apresentador da série Cosmos



Cassia Eller



Cazé Peçanha



Charles Chaplin



Charles Darwin



Chico Anysio



Chico Buarque



Cillian Murphy
Ator e músico irlandês



Danton Mello



David Bowie
Músico, ator e produtor
musical inglês



David Hume
Filósofo e historiador escocês





Dercy Goncalves



Drauzio Varella



Eddie Vedder
Vocalista da banda Pearl Jam



Enzo Ferrari



Epicuro



Eva Green
Atriz francesa, 007-Casino Royale



Fernando Alonso



Fidel Castro



Freud



Gene Roddenberry
Criador de Jornada nas Estrelas



George Clooney



Giovanna Mezzogiorno
Atriz italiana



Gloria Maria



Greg Graffin
Vocalista da banda Bad Religion



Herbert de Souza



Herbert George Wells
Escritor britânico, autor de
A Guerra dos Mundos



Isaac Asimov
Escritor americano de origem
russa, bioquímico



Jack Nicholson



James Cameron
Cineasta e escritor, diretor de
Titanic e Avatar



James Randi
Ilusionista canadense, dedicado
ao combate de pseudociências



James Watson
Biólogo premio Nobel



Jamie Hyneman
Apresentador do programa
Mythbusters do Discovery Channel



Jean Paul Sartre



Jean Rostand
Biólogo, filósofo e historiador francês



Jimmy Wales
Fundador da Wikipedia



Jodie Foster



John lennon



Jorge Amado



José Saramago



José Wilker



Juca Chaves



Juca kfouri



Julianne Moore



Karl Marx



Leonardo da Vinci



Lima Duarte



Linus Torvalds
Criador do sistema operacional
livre Linux



Machado de Assis



Mallu Mader



Manuel Vázquez Montalbán
Escritor, novelista e
jornalista espanhol



Marcello Mastroianni



Marcelo Gleiser
Físico, astrônomo, escritor, professor,
membro da Academia Brasileira
de Filosofia



Marie Curie
Física e Química, 2 premios Nobel



Mark Twain
Escritor humorista americano



Mark Zuckerberg
Criador do Facebook



Monica Bellucci
Atriz e modelo italiana



Monteiro Lobato





Napoleão Bonaparte




Nietzsche



Nilton Santos
Lateral esquerdo bicampeão
mundial de futebol




Oscar Niemeyer



Pablo Neruda



Pablo Picasso



Pat Condell
Escritor britânico e fenômeno
da internet



Patch Adams
Médico americano, famoso por sua
metodologia inusitada no
tratamento a enfermo



Paul Dirac
Engenheiro elétrico e matemático
britânico, Nobel de Física, previu
a antimatéria



Paulo Autran


Raul Seixas



Rebecca Goldstein



Ricardo Boechat



Richard Dawkins
Biólogo e escritor britânico,
autor dos livros O Gene Egoísta e
Deus um Delírio



Robin Williams



Salman Rushdie



Sam Harris
PhD em neurociência, escritor e
filósofo, autor do livro O Fim da Fé




Stephen Hawking



Uma Thurman



William Shockley
Físico americano, Nobel de Física,
inventor do transistor



Wood Allen



Yuri Gagarin
Primeiro homem no espaço









Zac Efrom (agnóstico)